ArtRio

2016

Pelo quarto ano consecutivo, o Prêmio FOCO Bradesco ArtRio selecionou três jovens talentos da arte brasileira. Na edição de 2016, os três premiados foram: Romy Pocztaruk, Ivan Grilo e Jaime Lauriano, que irão participar de residências artísticas em importantes instituições do Rio, São Luís do Maranhão e México. O prêmio incluiu ainda, uma exposição coletiva em um stand especial, durante a sexta edição da Feira Internacional de Arte do Rio, que aconteceu entre os dias 28 de setembro e 02 de outubro, no Píer Mauá.

A seleção dos vencedores foi feita por um Comitê Curatorial independente, formado por Bernardo Mosqueira, diretor do projeto, e os representantes de cada uma das residências: Consuelo Bassanesi (Despina, Rio de Janeiro), Samantha Moreira (Chão Slz, São Luís do Maranhão) e Pablo León de La Barra (Casa Wabi, México).
Agenda
Júri / Residências
Premiados
Galeria de Fotos
  • Despina
    Rio de Janeiro
    Despina é uma associação cultural sem fins lucrativos cuja missão é criar uma plataforma vibrante e inovadora para o desenvolvimento da produção artística, do intercâmbio cultural, do pensamento crítico e de colaborações no campo da arte contemporânea.

    Despina é responsável pela gestão conceitual e operacional dos projetos em curso no Largo das Artes, um espaço cultural localizado no centro histórico do Rio de Janeiro. Estes projetos compreendem um programa de residências artísticas, exposições e cursos. Além disso, diversos ateliês são ocupados por artistas e pesquisadores associados.

    Curador(a): Consuelo Bassanesi
  • Chão Slz
    São Luís do Maranhão
    Experimentalmente voltado à práticas de formação não convencionais, o Chão surge da intenção de irradiar sentido em um ambiente propício para o diálogo e os processos elásticos de ampliação e troca direta de conhecimentos com o público, universidades, espaços independentes afins, instituições parceiras e manifestações do entorno, sobre pesquisa no contexto da cultura visual.

    Como projeto, Chão baseia-se nas ações espontâneas de sua rede de contatos bastante consolidada e na hipótese de existência de um novo terreno de atuação crítica junto a vida coletiva, desejando apresentar um formato de programação continuamente alternada, contemplando todas as faixas etárias, e que inclua: conferências, debates, cursos e oficinas, exposições, mostras de filmes e vídeos, performances, música e dança, encontros com comida, festas, residências, expedições, publicações impressas e online.

    Fundadores: Guilherme Fogagnoli, Henrique Lukas, Marcio Harum, Pablo Lafuente, Samantha Moreira e Thiago Martins de Melo.

    Curador(a): Samantha Moreira
  • Casa Wabi
    México
    Casa Wabi é um projeto interdisciplinar com o objetivo de promover o intercâmbio de ideias, promovendo um diálogo aberto e construtivo
    entre artistas nacionais e internacionais e as comunidades vizinhas. A residência fica localizada perto de Puerto Escondido, na costa do Pacífico do estado de Oaxaca, ao sul da Cidade do México. As instalações incluem uma sala polivalente, seis dormitórios e um jardim de esculturas 50 acres.

    Curador(a): Pablo León de La Barra