ArtRio

Três novas exposições no MAC Niterói

A partir do dia 21 de outubro, três novas exposições serão abertas, no Museu de Arte Contemporânea de Niterói. . São elas: “Oxalá que dê bom tempo”, de Regina Vater; “Versão oficial”, de Bruno Faria; e “Don’t you (Forget about me)”, de Rafael Alonso. A curadoria é de Pablo León de La Barra e Raphael Fonseca.

Em “Oxalá que dê bom tempo”, a importante artista carioca Regina Vater apresenta uma retrospectiva da sua longa carreira, que tem mais de cinquenta anos.  “Assim como seus companheiros geracionais dos anos 1960, Regina experimentou diversas linguagens no seu percurso. Inicialmente, trabalhou nos campos do desenho, gravura e pintura, e, posteriormente, se dedicou à fotografia, à escultura, ao vídeo e à instalação”, explica Raphael Fonseca.

Ocupando parte da varanda do museu está Bruno Faria com a sua “Versão oficial”, uma instalação com dimensões variadas de 2014 a 2017. Trata-se de uma versão reduzida com 88 vinis da sua instalação INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DA ARTE BRASILEIRA. Nesse trabalho, o artista reúne discos cujas capas foram feitas por artistas brasileiros, entre os anos 1960 e 1990. A relação entre design, artes visuais e censura (visto que muitos dos vinis foram censurados durante a ditadura) se faz presente.

Dividindo o espaço da varanda com Bruno, está o Niteroiense Rafael Alonso com a sua individual 'Don't you (forget about me)'. Tendo em vista a experiência e a trajetória do artista como pintor e, mais do que isso, como alguém nascido e criado em Niterói, Rafael compartilhará com o público uma série de 7 gravuras digitais que vem do interesse na relação entre pintura e paisagem. Majoritariamente um pintor que lida com a abstração e com cores fortes, Alonso apresentará, no museu, uma série, que estabelece uma referência com tipo de visualidade dos anos 80 e 90, mas que a geometria sugere algumas relações com a paisagem que o público vê pela varanda - ou seja, as imagens da própria cidade de Niterói.

Serviço:
Exposição “Oxalá que dê bom tempo”, da artista Regina Vater
Curadoria de Pablo León de La Barra e Raphael Fonseca
Abertura: 21 de outubro de 2017, às 10h
Em cartaz até 18 de fevereiro de 2018
Visitação: de terça a domingo, das 10h às 18h